Edição Espírito SantoRealização:
Sem categoria 30.05.2017

O auditório do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas – CCJE da Universidade Federal do Espírito Santo, recebeu a palestra do Sinapse da Inovação no dia de hoje, 30 de maio. O programa foi apresentado pelo Consultor de Negócios da Fundação CERTI, Carlos Bizzotto para cerca de 25 pessoas.

A abertura ficou por conta do Diretor-Presidente da FAPES, José Antônio Bof Buffon, que deu boas vindas aos convidados e anunciou as inscrições do Sinapse. Na sequência, Carlos Bizzotto conversou com os alunos sobre o programa e deu dicas sobre como submeter uma boa ideia. Amanhã, 31 de maio, será a vez dos alunos das engenharias da UFES conhecerem o programa no auditório do LabPetro.

Confira algumas fotos:

Sem categoria 30.05.2017

No dia de hoje, 30 de maio, após a solenidade de lançamento do Sinapse que aconteceu no período matutino, o programa foi apresentado na Nest Coworking para os participantes do movimento Ilha Valley. A abertura do evento foi feita pela subsecretária da SECTI, Camila Brandão,  e na sequência o Consultor de Negócios da Fundação CERTI, Carlos Bizzotto, apresentou o Sinapse aos presentes. Os participantes puderam tirar suas dúvidas sobre o edital do programa e sobre o processo de inscrições, que vão até o dia 12 de julho.

O evento contou com a presença do Diretor-Presidente da FAPES, José Antônio Bof Buffon e reuniu cerca de 25 pessoas. Confira as fotos:

Sem categoria 30.05.2017

Capixabas que possuem a partir de 16 anos podem inscrever ideias no Sinapse da Inovação

 

Nesta terça-feira (30), no Palácio Anchieta, em Vitória, aconteceu a Solenidade de lançamentodo edital Sinapse da Inovação Espírito Santo promovido pelo Governo do Estado, com o desenvolvimento da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), em parceria com a Fundação Certi.

“Além de uma boa ideia, é preciso poder de articulação para transformá-la em algo concreto. O futuro está completamente conectado com o presente, com os sonhos e projetos que ousamos e colocamos em ação a partir de agora. O Governo do Espírito Santo acredita nos sonhos de tantos empreendedores capixabas e se coloca como parceiro para transformá-los em realidade”, destacou o vice-governador do Estado, César Colnago.

José Antônio Bof Buffon, Diretor-Presidente da FAPES

Mais de 500 pessoas prestigiaram o evento, que além do vice-governador, contou com a presença do secretário da Secti, Vandinho Leite, do diretor-presidente da Fapes, José Antônio Bof Buffon, que apresentou o programa para a comunidade, e de representantes de diversas instituições que promovem o empreendedorismo e a inovação no estado.

“Acreditamos que o projeto vai contribuir para diversificar a economia do Estado, que tem capacidade de crescer por meio da tecnologia e da inovação”, disse o secretário da Secti.

O evento contou também com uma palestra inspiradora de Rogério Salume, CEO da empresa capixaba Wine. Rogério destacou a importância dos sonhos e das primeiras ações para concretizá-los na vida daqueles que querem empreender. “Estou tendo uma experiência memorável, pois acredito que o Sinapse vai mudar o empreendedorismo no Estado”, contou.

Rogério Salume, CEO da Wine

 

Inscrições

Qualquer cidadão residente no estado do Espírito Santo com mais de 16 anos poderá participar do programa. Todos os participantes recebem capacitações sobre empreendedorismo e inovação e, ao final, até 40 projetos serão contemplados com R$ 50 mil em subvenção da Fapes, serviços técnicos do Sebrae/ES e suporte para alavancar seus negócios. “Já mobilizamos mais de 100 instituições do estado que estão envolvidas para que o programa seja um sucesso”, declara o diretor da Fapes, José Antônio Buffon.

As inscrições ficam abertas até 12 de julho, por meio do portal www.sinapsedainovacao.com.br/es.

 

Como funciona

Na primeira fase, os interessados apresentam suas ideias de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a ideia é inovadora e traz benefícios para a região e o seu potencial de mercado. Passam para a segunda fase até 300 propostas, e os selecionados devem, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar as chances da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase – pela qual passam até 150 das propostas ainda em jogo – consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor.

Ao final, até 40 projetos serão contemplados, cada um com R$ 50 mil em subvenção econômica da Fapes, além de serviços técnicos do Sebrae. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso.

O Sinapse contribuirá para o estabelecimento da ponte entre academia e indústria no Espírito Santo, já que muitas das ideias vêm de pessoas ainda na universidade, tanto de cursos de graduação como de pós-graduação. Além disso, o Sinapse abre espaço para participação de todos os cidadãos do Estado, tanto para inscrever suas ideias como para interagir com os empreendedores, e consolida uma forte rede de apoio ao empreendedorismo inovador.

 

Resultados do programa em outros estados

O Sinapse da Inovação é considerado o maior programa de empreendedorismo do país. Em cada edição regional, o programa recebe mais de mil ideias inovadoras, fomentando a cultura do empreendedorismo.

Desde o seu lançamento em 2008 até a 5ª edição catarinense, em 2016, o Sinapse da Inovação apoiou a criação de 385 empresas em Santa Catarina, das quais 72% estão ativas no mercado com um faturamento estimado de mais de R$ 100 milhões no último ano. Além disso, o programa incentivou a formação de mais de 350 relações de parcerias entre startups, universidades, grandes empresas e toda a rede de incubadoras do estado.

Em 2015, o programa começou sua primeira operação fora do estado, lançando o Sinapse da Inovação Amazonas, em parceria com a Fapeam. No local, o programa recebeu a inscrição de 1.188 ideias inovadoras em sua edição piloto, das quais 28 foram contempladas com R$ 50 mil em subvenção.

Mais do que apenas um incentivo financeiro, o Sinapse da Inovação atua como uma terceira via para o empreendedor, uma oportunidade para aqueles que não querem seguir uma carreira pública ou de colaborador de uma empresa.

Alguns dos projetos impulsionados pelo Sinapse nos últimos anos acabaram se tornando grandes empresas em nível nacional. É o caso da Welle Laser, especializada na manufatura de máquinas e equipamentos para marcação e gravação a laser e micro usinagem, e da Chaordic, líder nacional no mercado de recomendações personalizadas para comércio eletrônico. Além disso, as startups vêm ganhando destaque internacional em outros programas de incentivo ao empreendedorismo, como a PackID, primeiro lugar na premiação Advanced Material Competition, em Berlim, e a Revella, primeiro lugar no Academia Industry Training Camp, do governo da Suíça.

 

Texto: Fundação Certi e Comunicação da Secti e Fapes

 

Sem categoria 29.05.2017

Nesta segunda-feira, 29 de maio, aconteceu em Vitória, o Fórum Estadual de Economia Criativa. Promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação (Fapes) e pelo Instituto Brasileiro de Inovação (IBI), o evento foi realizado no Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Material Elétrico do Estado do Espírito Santo (Sindifer).

O Diretor-Presidente da FAPES, José Antônio Bof Buffon, abriu o evento apresentando o Sinapse da Inovação. Na sequência o Consultor de Negócios da Fundação CERTI, Carlos Bizzotto, apresentou o programa e tirou dúvidas dos presentes. O Fórum contou com a presença da Subsecretária da SECTI, Camila Brandão, do Subsecretário da SECULT, Ricardo Pandolphi, representantes da FAPES, BANDES e SEBRAE, reunindo cerca de 100 pessoas. Confira algumas fotos:

Notícia, Sem categoria 24.05.2017

O Espírito Santo tem se destacado por conta de grandes indústrias, produção e exportação de produtos como rochas ornamentais, semimanufaturados de ferro e aço, pasta química de madeira e óleos brutos de petróleo – que corresponderam a aproximadamente 78% das exportações do Estado de acordo com o Instituto Jones (IJSN). Isso, entretanto, mostra a dependência econômica da venda de commodities, concentrada na operação de algumas poucas empresas de grande porte.

Para diversificar a matriz econômica de um Estado, é importante a criação de iniciativas que estimulem novos negócios e fomentem a cultura do empreendedorismo. Neste sentido, uma das estratégias do Governo do Espírito Santo é a promoção do programa Sinapse da Inovação, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), em parceria com a Fundação Certi.

O Sinapse da Inovação é um programa de incentivo ao empreendedorismo inovador que visa estimular a comunidade capixaba a gerar ideias e transformar seus projetos em negócios de sucesso. Criado em 2008, em Santa Catarina, pela Fundação Certi – em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação (Fapesc) – o programa foi responsável pela criação de 385 startups, pela geração de mais de 1,5 mil empregos diretos e de 151 patentes, contribuindo para o fortalecimento da cadeia produtiva catarinense e para a diversificação da economia do estado.

No Espírito Santo, o programa abre as inscrições de ideias inovadoras de segunda-feira (29) a 12 de julho, por meio do portal www.sinapsedainovacao.com.br/es. O diretor-presidente da Fapes, José Antônio Buffon, destacou que o Sinapse da Inovação Espírito Santo tem o objetivo de aproximar as universidades e empresas e incentivar jovens inventores a partir de 16 anos. “O Sinapse vai contribuir para o fortalecimento do ecossistema inovador do Espírito Santo, pois preencherá a lacuna que existe entre as boas ideias e o mercado. Ao dar uma chance para aquelas pessoas que têm apenas uma ideia, mas não sabem por onde começar, cria-se uma verdadeira cultura do empreendedorismo e da inovação no Estado”.

 

Evento de lançamento

 

Na próxima terça-feira, dia 30 de maio, às 10h, será realizada a Solenidade de lançamento do edital do Sinapse da Inovação Espírito Santo no Palácio Anchieta. O evento contará com a palestra do CEO da Wine, Rogério Salume, e com a apresentação do programa para a comunidade capixaba, conforme o convite:

 

 

Como funciona

 

Na primeira fase, os interessados apresentam suas ideias de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a ideia é inovadora e traz benefícios para a região e o seu potencial de mercado. Passam para a segunda fase até 300 propostas, e os selecionados devem, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar as chances da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase – pela qual passam até 150 das propostas ainda em jogo – consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor.

Ao final, até 40 projetos serão contemplados, cada um com R$ 50 mil em subvenção econômica da Fapes, além de serviços técnicos do Sebrae. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso.

O Sinapse contribuirá para o estabelecimento da ponte entre academia e indústria no Espírito Santo, já que muitas das ideias vêm de pessoas ainda na universidade, tanto de cursos de graduação como de pós-graduação. Além disso, o Sinapse abre espaço para participação de todos os cidadãos do Estado, tanto para inscrever suas ideias como para interagir com os empreendedores e consolida uma forte rede de apoio ao empreendedorismo inovador.

 

Resultados do programa em outros estados

 

O Sinapse da Inovação é considerado o maior programa de empreendedorismo do país. Em cada edição regional, o programa recebe mais de mil ideias inovadoras, fomentando a cultura do empreendedorismo.

Desde o seu lançamento até a 5ª edição catarinense, em 2016, o Sinapse da Inovação apoiou a criação de 385 empresas em Santa Catarina, das quais 72% estão ativas no mercado com um faturamento estimado de mais de R$ 100 milhões no último ano. Além disso, o programa incentivou a formação de mais de 350 relações de parcerias entre startups, universidades, grandes empresas e toda a rede de incubadoras do estado.

Em 2015, o programa começou sua primeira operação fora do estado, lançando o Sinapse da Inovação Amazonas, em parceria com a Fapeam. No local, o programa recebeu a inscrição de 1.188 ideias inovadoras em sua edição piloto, das quais 28 foram contempladas com R$ 50 mil em subvenção.

Mais do que apenas um incentivo financeiro, o Sinapse da Inovação atua como uma terceira via para o empreendedor, uma oportunidade para aqueles que não querem seguir uma carreira pública ou de colaborador de uma empresa.

Alguns dos projetos impulsionados pelo Sinapse nos últimos anos acabaram se tornando grandes empresas a nível nacional. É o caso da Welle Laser, especializada na manufatura de máquinas e equipamentos para marcação e gravação a laser e micro usinagem, e da Chaordic, líder nacional no mercado de recomendações personalizadas para comércio eletrônico. Além disso, as startups vêm ganhando destaque internacional em outros programas de incentivo ao empreendedorismo, como a PackID, primeiro lugar na premiação Advanced Material Competition, em Berlim, e a Revella, primeiro lugar no Academia Industry Training Camp, do governo da Suíça.

 

 

Texto: Fundação Certi

 

Informações à Imprensa:

Fernanda Magalhães

comunicacao@fapes.es.gov.br

(27) 3636-1868 / 99879-6992

Sem categoria 20.05.2017

Hoje foi dia de Sebrae StartUp Day! Um evento que ocorre, simultaneamente, em todo o território nacional com o objetivo de oportunizar um ambiente de debate e disseminação de conhecimentos, favorecendo o empreendedorismo inovador e o desenvolvimento de novos modelos de negócios.

Para tornar a iniciativa ainda melhor, foi organizado um lounge de negócios com espaço de interação e networking entre os participantes e exposição dos editais e programas de fomento e investimento em startups e o Sinapse da Inovação não podia ficar de fora! O programa esteve presente em um dos stands do evento para falar sobre lançamento do edital capixaba e poder tirar dúvidas. A divulgação foi um sucesso, com muitos empreendedores interessados em se tornar parte desse ecossistema empreendedor e de inovação.

O evento aconteceu juntamente com o Bootcamp do Inovativa Brasil, que é um programa de aceleração de startups realizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e executado pelo Sebrae e pela Fundação Certi, cujo o objetivo é ser o primeiro passo para o empreendedor captar recursos e conquistar clientes, acelerando em larga escala empresas de todos os estados brasileiros.

Foram mais de 200 participantes reunidos na Fucape Business School (Vitória), entre empreendedores, mentores e parceiros, durante um dia inteiro de imersão nos principais assuntos de empreendedorismo inovador e startups, através de mentorias, workshops e palestras.

Confira algumas fotos do evento:

Vanessa Scaciotta, da Fundação CERTI, tirando dúvidas de empreendedores sobre edital do Sinapse ES

Empreendedores reunidos no lounge de negócios do Startup Day

Empreendedores do InovAtiva Brasil recebendo mentoria individual

WorkShop de Estratégia de Vendas com Phellippe Figueiredo

Rafael Teixeira e Marcelo Herzog, da startup Mito Games com o mentor do InovAtiva Brasil, Carlos Wanderlan

WorkShop de Marketing Digital com Victor Maia, da Agência Elemento

 

 

Sem categoria 11.04.2017

Na última semana, nos dias 05, 06 e 07 de abril, foi realizada a divulgação do Sinapse da Inovação em quatro instituições de ensino do Espírito Santo.

O Diretor-Presidente da FAPES, José Antônio Bof Buffon, esteve em Alegre na última quarta-feira (05) para apresentar o programa na UFES – Campus de Alegre. O evento reuniu cerca de 50 pessoas, entre estudantes, professores e pesquisadores, que puderam conhecer a metodologia, histórico e objetivos do programa.

Em seguida, o Diretor-Presidente da FAPES também esteve no IFES – Campus de Alegre com o mesmo intuito de disseminar a oportunidade para a comunidade capixaba.

Na quinta-feira (06) foi dia de realizar uma palestra na Universidade Vila Velha – UVV onde o evento bateu recorde de público, reunindo cerca de 500 pessoas.

As apresentações foram finalizadas na sexta-feira (07) com uma palestra na Câmara de Extensão do IFES – Campus Vitória, direcionada aos dirigentes da instituição, e contou com a presença de cerca de 20 pessoas.

O lançamento do edital do Sinapse da Inovação Espírito Santo está previsto para a segunda quinzena de maio, e o programa realizará diversas ações de divulgação, assim como essas, para estimular a proposição de ideias inovadoras em todo o estado.

 

Apresentação do Sinapse na UFES – Campus de Alegre, dia 05/04.

 

Apresentação do Sinapse no IFES – Campus de Alegre, dia 05/04.

 

Apresentação do Sinapse na Universidade de Vila Velha, dia 06/04.

 

Apresentação do Sinapse na Câmara de Extensão do IFES – Campus Vitória, dia 07/04.

 

Sem categoria 07.04.2017

Na última semana, entre os dias 28 e 30 de março, foi realizado em todas as mesorregiões do Espírito Santo o Workshop do programa Sinapse da Inovação. Os encontros, promovidos pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), por meio de sua Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação – FAPES e pela Fundação CERTI, aconteceram nas cidades de São Mateus (Região Norte), Colatina (Região Central), Linhares (Região Central), Vitória (Região Metropolitana) e Cachoeiro de Itapemirim (Região Sul).

Representantes da FAPES e CERTI no evento de Vitória

Os workshops foram realizados com o objetivo de apresentar o programa Sinapse da Inovação, assim como seu histórico e resultados em outros estados; apresentar o Ecossistema de Inovação do Espírito Santo e; formar a rede de parceiros do programa em cada região. As cinco cidades somaram 215 participantes, representantes de 106 instituições entre órgãos do governo, incubadoras, ICTI’s, empresas e entidades de apoio.

No início do ano, a Fundação CERTI realizou um estudo do Ecossistema de Inovação do Espírito Santo no intuito de identificar principais vocações, potenciais, tendências e oportunidades para cada mesorregião do estado. Os resultados do estudo foram apresentados e discutidos nos eventos e os dados servirão de base para a definição dos setores e das temáticas que serão priorizados no edital do programa.

Para o Diretor-Presidente da FAPES, José Antonio Bof Buffon, o programa contribuirá para o fortalecimento dos setores econômicos já estabelecidos: “O Sinapse da Inovação é uma estratégia de governo para estimular a inovação no estado, alavancar a economia e desenvolver as áreas portadoras de futuro. Os eventos marcaram o início da ação cooperada dos atores de empreendedorismo e inovação em prol da transformação de ideias inovadoras em negócios”, finaliza Buffon.

O Diretor Executivo do Centro de Empreendedorismo Inovador da Fundação CERTI, Leandro Carioni, afirma que os workshops foram importantes para a construção da identidade do programa Sinapse da Inovação Espírito Santo: “É fundamental integrarmos e alinharmos o Sinapse da Inovação aos ativos existentes em cada mesorregião. Essa edição do Sinapse é exclusiva para o Espírito Santo e deve ser construída baseada nas parcerias com os atores locais”, completa Carioni.

Diretor-presidente da FAPES, José Antonio Bof Buffon

O presidente do SINDINFO, Luciano Raizer, é um dos apoiadores do programa e acredita no potencial inovador do estado: “O Sinapse será um programa de grande importância para o ecossistema de tecnologia e inovação que estamos construindo no Espírito Santo. Será a mola propulsora de ideias inovadoras que esperamos converter em negócios de sucesso. O SINDINFO, que tem em sua missão apoiar a construção desse ecossistema, apoia este programa por entender que trata-se de um elemento essencial para o estímulo à inovação no estado”, afirma Raizer.

 

A SECTI, por meio da FAPES e a Fundação CERTI, agradecem a todos que puderam participar dos eventos, contribuindo para as ações de incentivo ao empreendedorismo inovador do Espírito Santo, junto ao Sinapse da Inovação. Interessados em fazer parte dessa rede podem entrar em contato pelo e-mail: sinapse.es@sinapsedainovacao.com.br.

Próximos Passos

Após o lançamento do edital, serão realizados diversos eventos e ações de divulgação do programa, com o apoio da rede de parceiros resultante dos Workshops Sinapse, para atingir a todos os empreendedores e potenciais empreendedores do estado.

A etapa de seleção do programa tem início com a abertura do edital e é composta por três fases: Submissão de Ideias; Projeto de Empreendimento e; Projeto de Fomento. As ideias são avaliadas por especialistas fase a fase e, no final, até 70 projetos serão contemplados com a subvenção econômica da FAPES e todos os benefícios oferecidos pelo Sinapse, como: capacitações de alto nível para o desenvolvimento do produto e negócio das startups; Networking; Parcerias Estratégicas; Conexões e; Suporte e Apoio aos empreendedores durante toda a participação do programa.

Confira algumas fotos dos eventos:

Foto final do Workshop em Vitória

 

Foto final do Workshop em Linhares

 

Foto final do Workshop em Colatina

 

Foto final do Workshop em São Mateus

 

Foto final do Workshop em Cachoeiro de Itapemirim

Sem categoria 31.03.2017

Depois de passar pelas cidades de São Mateus, na Região Norte; Colatina e Linhares, na Região Central; e Cachoeiro de Itapemirim, na Região Sul, o Workshop do programa Sinapse da Inovação aconteceu em Vitória na última quinta-feira (30), fechando a agenda de apresentações do programa nas mesorregiões. Promovidos pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), por meio de sua Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação – FAPES e pela Fundação CERTI, os eventos tiveram como objetivo formar a rede de parceiros do Sinapse da Inovação no estado.

Em Vitória, o Workshop contou com a presença de 102 pessoas de 46 instituições da Região Metropolitana. Realizado no auditório da Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças – FUCAPE – Business School, o evento foi aberto pelo Diretor-Presidente da FAPES, José Antonio Bof Buffon, que anunciou o início das operações do programa Sinapse da Inovação no Espírito Santo. Na sequência o Coordenador Institucional do programa, o professor Antônio Rogério de Souza, da Fundação CERTI, apresentou aos convidados o histórico e os números do Sinapse em outros estados.

A Coordenadora de Projetos da Fundação CERTI, Eliza Coral, demonstrou os resultados do estudo do Ecossistema de Inovação do Espírito Santo, realizado no início deste ano para identificar principais vocações, potenciais, tendências e oportunidades para cada mesorregião do estado. O estudo servirá como base para a definição dos setores e das temáticas a serem priorizados pelo edital do Sinapse, com previsão de lançamento para maio.

Os workshops das cinco cidades (São Mateus, Colatina, Linhares, Vitória e Cachoeiro de Itapemirim) somaram 215 participantes, de 106 instituições entre órgãos do governo, incubadoras, ICTI’s, empresas e entidades de apoio. Foram mais de 840 quilômetros rodados no intuito de disseminar a primeira edição capixaba do programa, discutir o ecossistema de inovação do estado e construir junto aos atores locais a rede de parceiros que incentivará e apoiará o surgimento de negócios inovadores.

Após o lançamento do edital, acontecerão diversos eventos e ações de divulgação do Sinapse da Inovação para atingir empreendedores e potenciais empreendedores de todo o Espírito Santo. Interessados em firmar parceria com o programa, podem entrar em contato pelo do e-mail: sinapse.es@sinapsedainovacao.com.br.

Foto final Workshop do Sinapse da Inovação em Vitória

O Programa Sinapse da Inovação ES

O Sinapse da Inovação é um programa de incentivo ao empreendedorismo que oferece recursos financeiros, capacitações e orientação técnica para transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso.

Desde o seu lançamento, em 2008, até a 4ª edição no estado de Santa Catarina, em 2014, o Sinapse da Inovação apoiou a criação de 294 empresas, das quais 83% estão ativas no mercado com um faturamento estimado de mais de R$ 120 milhões em 2014. As empresas criadas geraram 1200 postos de trabalho altamente qualificados, já depositaram pelo menos 94 patentes e geraram 259 relações de parcerias com universidades, grandes empresas e entre as próprias empresas geradas no programa.

Em 2015, o programa começou sua primeira operação fora do estado, com o Sinapse da Inovação Amazonas, em parceria com a FAPEAM, e em 2017 chega ao Espírito Santo.

 

Confira algumas fotos do Workshop em Vitória:

Sem categoria 30.03.2017

Seguindo a agenda de apresentações do Sinapse da Inovação Espírito Santo em todas as mesorregiões do estado, na última quarta-feira (29) representantes de 14 instituições da região central se reuniram em Linhares para o Workshop do Sinapse da Inovação. Realizado na Faculdade Pitágoras, o evento contou com a presença de 19 pessoas objetivando o estabelecimento de parcerias e a discussão do ecossistema capixaba de inovação.

Em Linhares, a abertura do evento ficou por conta de Robson Antonio Grassi, representante da FAPES, que deu boas vindas aos convidados e anunciou o Sinapse da Inovação Espírito Santo. Na sequência, a apresentação do programa, seu histórico e resultados em outros estados, foi feita por Fernanda Konradt de Campos, da Fundação CERTI.

Para definir as temáticas e setores prioritários do edital do Sinapse da Inovação Espírito Santo, com previsão de lançamento para maio, no início deste ano foi realizado um estudo para identificar as principais vocações, potenciais, tendências e oportunidades para cada mesorregião do estado. Os resultados deste estudo foram apresentados pela Coordenadora de Projetos da Fundação CERTI, Eliza Coral.

Após as apresentações, os participantes do workshop realizaram uma atividade para discutir o estudo e definir as contribuições dos parceiros junto ao programa. Promovido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), por meio de sua Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação – FAPES, o workshop teve como objetivo principal formar a rede de parceiros do Sinapse da Inovação Espírito Santo.

Interessados em firmar parceria com o programa podem entrar em contato através do e-mail sinapse.es@sinapsedainovacao.com.br.

Confira algumas fotos do evento em Linhares:

O Programa Sinapse da Inovação ES

O Sinapse da Inovação é um programa de incentivo ao empreendedorismo que oferece recursos financeiros, capacitações e orientação técnica para transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso.

Desde o seu lançamento, em 2008, até a 4ª edição no estado de Santa Catarina, em 2014, o Sinapse da Inovação apoiou a criação de 294 empresas, das quais 83% estão ativas no mercado com um faturamento estimado de mais de R$ 120 milhões em 2014. As empresas criadas geraram 1200 postos de trabalho altamente qualificados, já depositaram pelo menos 94 patentes e geraram 259 relações de parcerias com universidades, grandes empresas e entre as próprias empresas geradas no programa.

Em 2015, o programa começou sua primeira operação fora do estado, com o Sinapse da Inovação Amazonas, em parceria com a FAPEAM, e em 2017 chega ao Espírito Santo.